O tempo passa rápido

O tempo passa rápido

domingo, 9 de novembro de 2014

3 anos sem o Nicolas Rafael

Será normal se esquecer do dia mais triste de sua vida?
Será normal se sentir tão perdida na data ao ponto de se esquecer o dia em que se enterra um filho?
Ontem completou 3 anos que o Nicolas faleceu e eu, estava completamente perdida na data e só depois de vários minutos olhando para o calendário que me dei conta que ontem foi dia 8 de novembro.
Seu coração parou de bater ás 00:15 do dia 08 de novembro de 2011, eu havia saído da UTI exatamente 15 minutos antes, com um pedaço do meu coração na mão e o outro parando naquele leito número 16 da UTI.
Hoje eu não quero ficar triste, confesso que muitas vezes me deixei levar e me afundei num mar de tristeza achando que iria mudar alguma coisa, mais não eu só me afundava e afundava junto as pessoas que amo.
Hoje 3 anos sem você Nicolas, 3 anos de espera e muitos ainda virão até o nosso encontro, te amo filhote, mamãe está com saudades. 

domingo, 17 de agosto de 2014

Vida Nova

Boa noite meus queridos leitores, finalmente tive tempo, e coragem para vir aqui fazer um post novo, minha princesa Anne Sophye nasceu, linda, perfeita, forte e saudável.
Anne nasceu com 2,860 kg e 48 cm, nasceu dia 16/04 ás 9 horas da manhã.
Ontem ela completou 4 meses, e cada dia que se passa eu me surpreendo mais e mais com ela pois eu não imaginava o quanto seria diferente essa nova vida.
Nova vida que eu digo, pois depois que a minha princesa chegou não existe mais lágrimas, hoje eu entendo tudo o que eu passei, tudo não passou de um projeto de Deus.
Cada dia uma descoberta, Anne dando gargalhadas, gritinhos e trazendo novamente a felicidade pra dentro da minha casa, da minha família, da minha vida.
Acordar de manhã todos os dias com as gargalhadas dela, com ela sorrindo, brincando, é simplesmente maravilhoso, eu havia me esquecido o quanto é bom ser mãe, o quanto é mágico ter um bebê em casa.
Bom agora chega de falar vou dizendo tchau para vocês, não sei quando virei novamente postar aqui, mais vou me despedindo e deixando duas fotos minha e da minha nova razão de viver. Um abraço.



segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

História do anjinho Gabriel Monteiro, escrito pela mãe Gislaine Monteiro

Bom Dia amigos...é com profunda tristeza, dor e inconformada que lhes informo que esse lindo anjinho é o MEU FILHINHO GABRIEL MONTEIRO nasceu dia 07-05-2013...........e morreu dia 13-05-2013.....para mim o que aconteceu com meu filho foi "bárbaro", não tenho palavras...Vou lhes contar e PEÇO QUE COMPARTILHEM, por favor, quem sabe a curta passagem de meu anjinho por esse mundo ajude para que não aconteça com outros bebês o que aconteceu com o meu na UNESP e que outras mamães não tenha que viver o que estou vivendo...
.....................................
Nessa foto, ele estava numa máquina que mantinha uma temperatura que para ele era fria, só de fraldinha...era p o bem dele, a médica nos explicou que mantendo o corpinho frio manteria o cérebro frio e as sequelas seriam menores, qndo ele saísse do sedativo.Ficou 3 dias nessa máquina, foram noites frias ....meu coração sangra de lembrar...q c tantas roupinhas e cobertores quentinhos....só vi ele de roupa no caixãozinho, c a roupinha q eu ia tirar do hospital.
06-05-2013- meu bebê não nasceu sozinho, então, internei as 9:30 na maternidade da Unesp para fazer indução ao parto, pq já estava de 41 semanas e 3 dias e meu bebê não nasceu sozinho. 18:00 Comecei a ter dores, com o segundo comprimido de indução.
07-05-2013- a 01:30 as dores pioraram, as 05:30 minha bolsa estourou...na hora do almoço já estava no meu limite de forças, cansada e desmaiava entre uma contração e outra, pedi cesárea...as 15:00 eu implorei cesárea....após 16:30 começou a escorrer um liquido marrom pelas minhas pernas, o coração de meu bebê começou a cair e minha pressão começou a subir, meu esposo pediu cesárea e eu tbem,...as 20:07 de parto vaginal desumano nasceu meu anjinho...parado....foi entubado, reanimado, teve convulsões, estado gravíssimo, naquela mesma noite a Dra. nos preparou para ter um filho especial, devido a parada.... também seria necessário fazer vários exames em seus órgãos para ver os danos causados pelo cocô que ele havia comido....Eu o chamava de leãozinho, pois, ele vencia um leão por dia.
12-05-2013- Dia das mães, nesse dia tiraram os aparelhos dele de respiração e eu pude amamentar e troquei sua fraldinha, fui embora com fé que logo ele iria comigo para casa, pois ele melhorava a cada dia....mal sabia eu que esse dia seria o único e ultimo q eu teria com ele.....
13-05-2013- 01:00 Ele morreu de Hemorragia pulmonar, devido a infecção quando cheguei ele estava roxinho, entubado novamente e sangue era sugado pela médica de sua boquinha...ele só esperou nós chegarmos ,.....gostaria de apagar de minha mente ....HOJE: INCONFORMADA, só me restam perguntas, q talvez eu nunca saiba as respostas:
-Porque meu bebe não saiu em meus braços da maternidade?”Porque nós internamos perfeitamente bem, só p ele nascer e eu levá-lo para casa e por fim, o levei para o cemitério”.
-A cesárea poderia ter salvo a vida do meu bebe??”Quando meu esposo questionou os médicos docente do pq não fizeram uma cesárea; a resposta dos médicos foram de que seguiram um protocolo”.
-Ate que ponto os médicos deveriam ter seguido esse protocolo ??
“Eu não sou uma máquina, que vem com manual, tenho minhas próprias limitações físicas, que é diferente de qualquer outra mulher e eu avisei ao médico no parto, qndo cheguei no meu limite”.
-Meus pedidos de cesárea não foi levado em conta nem minhas observações. Será que não tenho direitos, só pq é público??Tenho certeza absoluta q meu filho estaria vivo se nas vezes que pedi cesárea, tivessem feito.
-Porque no particular a mulher pode agendar sua cesárea e no público não temos esse direito??Qual a diferença??
-Como pode meu bebê morrer por passar da hora de nascer, estando eu dentro da Unesp tendo eu internado as 9:30 do dia 06-05-2013 e ele nasceu dia 07-05-2013 as 20:07??
-Só tenho certeza de uma coisa, o Gabriel não era para estar morto e para mim, o que aconteceu com ele foi um crime brutal, contra alguém indefeso e incapaz de se defender sozinho...imagino ele querendo respirar e comendo coco dentro de minha barriga por horas....ficou 7 dias na UTI, sendo 3 dias naquela máquina que o mantinha geladinho, entubado,...morreu pondo sangue pelo nariz e boca...Hoje, não durmo direito , não tenho paz, atormentada com as lembranças...todos os dias acordo e penso ”Ahh meu Deus.. não foi um pesadelo”.....Minha única esperança é a JUSTIÇA.
“Quantos bebes serão sacrificados por este protocolo a ser seguido”.





sábado, 22 de fevereiro de 2014

História do anjinho Matheus Henrique, escrito pela mãe Eliane Morais

Oi! Meu nome é Eliane, sou mamãe do Matheus Henrique um bebe lindo e saudável, so que ao completar  11 meses tudo mudou. no dia 17 cheguei da faculdade e meu filho tava vomitando e gemendo, ai corri e fui para o hospital com ele e minha mãe. Ai chegar lá era doutor Mesquita q estava de plantão, meu filho não tinha febre só vomito e gemendo, ele deu uma injeção para vomito ai fui pra casa, mas não melhorou nada quando foi no dia 18 de manha fui de novo pra o hospital, mas uma vez passaram uns remédios, ele melhorou um pouco o vomito então fui pra consulta dele lá no CESP q estava marcado cheguei lá o menino estava com quase 40 grau de febre fui correndo para o hospital e doutor Ivan passou a injeção dipirona para baixar a febre, então percebi que meu filho ficou todo cheio de pintinhas vermelhas e os olhos roxos, no mesmo estante voltei lá dentro o medico (Ivan) simplesmente olhou de lada e deu um sorriso e disse "ele já estava com isso é normal" então fui pra casa. na segunda voltei de novo no hospital pq a febre não desaparecia e além disso ele estava com diarreia e um pouco inchado. Isso de tardezinha, então doutor Luigi q atendeu ele passou o exame de sangue com plaquetas. Fui fazer pela manha da terça feira, quando cheguei lá à enfermeira percebeu q meu filho estava mal e fez logo os exames, as plaquetas estavam baixíssimas, encaminhou para a UTI Wilson rosado em Mossoró. Lembro-me de quando cheguei naquela UTI com o meu lindo nos meus braços, ele parecia bem, só um pouco sonolento, queria ficar dormindo toda hora. Ao entrar na pediatria todos ficaram encantados com tamanha beleza do meu anjo. Deitei o meu bebe e a psicóloga mim chamou para conhecer os procedimentos do hospital, ao chegar encontro ele chorando e ao mim vê de longe ele se acalmou, ai o medico disse que ele só ficava calmo quando estava mim vendo, coloquei o meu rosto bem pertinho dele e comecei a cantar a musica que ele mais gostava de ouvir e adormeceu, dormiu durante uns 5 minutos acordou inquieto, assustado, percebi que ele não estava bem, segurei a mãozinha dele e disse “-mãezinha esta aqui com você vai ficar tudo bem” ele olhou pra mim bem no fundo dos meu olhos durante uns 10 segundo, foi tão forte esse olhar que meus olhos encheram de lagrimas, e logo depois deu um sorriso. Hoje eu sei que aquilo foi uma despedida que era como se ele tivesse dizendo “mãe eu ti amo”. Após ele sorri pra mim as dores foi aumentando, o medico pediu que eu mim retirasse um pouco que ele ia entuba-lo, nossa! Parecia que o céu tinha desabado sobre mim, fiquei ali perto da porta que dava acesso a pediatria angustiada sabia que meu bebe não estava bem, ouvi os gritos dele, meu Deus deu uma vontade enorme de entrar e segurar ele em meus braços pra ele se acalmar, fiquei ali naquele corredor deserto, minhas pernas já não sentia, mas, foi quando uma enfermeira veio dizendo que eu já podia entrar, foi à cena, mas horrível da minha vida, meu filho tentando de qualquer maneira se livrar dos aparelhos e virando os olhinhos, que cena horrível para uma mãe, virei de costa mim agachei e comecei a chorar a psicóloga perguntou se eu queria sair então eu sai conversei um pouco, as mães de outras crianças que estava internada também veio e contaram que seu filho ficara daquela maneira e depois já estavam super bem, tinha uns que já ate brincava com os brinquedos, isso mim acalmou mais. E à hora se passava e agradecia a Deus pela vida dele, pois algo mim dizia q ele ia sair daquele hospital vivo, mas na manha de sexta feira ao entrar na sala onde ele estava notei que meu bebe não estava bem, fazia perguntas as enfermeiras e elas nem se quer tinham coragem de olhar pra mim foi ai que percebi que realmente estava perdendo ele, sai da pediatria e fui para o quarto de repouso, La passou um filme de todo acontecimento, e mim fazia uma pergunta “porque ele? Por que aquele mosquito o pegou(dengue)? Poderia ter sido eu, já que passava a semana toda naquela casa e só um dia que ele veio mim visitar ele foi picado, porque o meu bebezinho indefesso? E fiquei angustiada o resto do dia. Mas continuei La ao lado dele. Por volta das 18h30min o medico mim chama para a pior conversa da minha vida, nossa ouvir as palavras daquele medico foi muito difícil, mas escutei tudo mim segurando para não chorar foi quando ele mim falou “- mãe seu filho seu filho só tem 5% de chance para sobreviver e talvez ele não passe dessa noite” sai correndo deixando o medico falando sozinho, fui para o quarto onde minha mãe estava, graças a Deus ela estava La comigo e não mim deixou só em nenhum momento, e ali ficamos abraçadas uma na outra e chorando, der repente a porta do quarto se abriu, era a psicóloga dizendo que o medico queria falar comigo, sabia que não era noticia boa, limpei minhas lagrimas e fui a cada passo que dava parecia que estava enfiando uma faca dentro de mim, os meus pés já não sentia mais, bati na porta e pedi forças a Deus, ao entrar o medico pede para eu sentar e diz _” olha mãe eu já tinha conversado pra senhora que seu filho poderia não passar dessa noite, então agente ta fazendo o que pode, mas ele já não esta respondendo aos remédios e o coração dele esta a cada segundo mais fraco, eu quero que a senhora fique aqui com ele”. De cara eu disse:_Não posso ver meu filho morrendo não vou suportar_ O seu filho esta precisando de você agora, você esteve com ele o tempo todo, vai abandonar agora?Dei as costas para o medico e fui correndo para o lado do meu filho aos prantos mim ajoelhei perto da sua cama e coloquei a minha Mão sabre a sua barriguinha e sentia a respiração dele cada vez mais fraca, fechei os olhos e pedi a Deus que não levasse ele de mim chorando levantei e abracei-o e bem no ouvido dele comecei a cantar a musica que eu cantava pra ele dormir. “_aos olhos do pai você é uma obra prima, que Deus planejou como suas próprias mãos pintou, a cor de sua pele de e seus cabelos desenhou cada detalhe, num toque de amor. Nunca deixe alguém dizer que não é querido antes de você nascer Deus sonhou com você” terminei de cantar praticamente sem conseguir falar olhei para os lados e o hospital inteiro estava em prantos, minha mãe chegou e ficou desesperada ao ver as enfermeiras tirando todos os aparelhos que fazia ele viver, tivemos que sair do local. O medico disse que ele já tinha morrido, nossa fiquei louca nem sabia pra onde ir, onde ficar fiquei completamente sem chão minha família começou a chegar e tentar mim acalmar, mas nada absolutamente nada mim confortava, foi quando veio uma força incrível, uma fé que jamais sabia que tinha, comecei a orar segurando a Mao da minha prima e um dos momentos da oração eu falei:“_ Deus o senhor é o único que pode tudo, traga de novo meu filho, sopre nas narinas dele e faça que ele viva de novo.Der repente à porta se abriu, era o medico.“_ Olha não sei como, mas depois de 15 minutos que o coração dele parou voltou a bater e, mas forte ainda.Nossa aquilo mim deixou tão esperançosa, agradeci tanto a Deus por isso que o medico tava tentando explicar e eu nem quis ouvi-lo só agradecendo a Deus por aquilo, foi quando veio uma vontade enorme de fazer uma oração como o medico, então pedi que ele mim desse a Mão dele pra mim segurar, ele meio assustado hesitou um pouco, mas estendeu as suas mãos;“_ Deus usa estas mãos para curar o meu filho”. Ouvi o medico chorando, então resolvi parar e soltei a Mao dele, ele saiu La pra dentro para ver o que podia fazer. Eu sair toda feliz para o quarto ate tomei banho, só que nem imaginava que no momento que estava feliz tomando banho, ele tava dando outra parada. Mas uma vez a psicóloga entrou e disse que o medico queria falar comigo. ai eu percebi que não era noticia boa, mim preparei para o pior, e fui, os corredores parecia infinito. Ao ver ele já comecei a chorar.“_ É infelizmente agente fez de tudo, mas dessa vez ele não voltará mais, agente fica triste por ver você desse jeito, mas ficamos felizes por perceber que você era uma mãe de verdade. meu anjo lutou e muito para não mim deixar, mas Deus não queria mais ele aqui nesse mundo tão cruel.No certidão óbito dele esta escrito que a causa da morte foi; insuficiência de múltiplos órgãos e sistemas, septicemia e choque hemorrágico da dengue.
                                                                                                                
Filho nunca se esqueça da mamãe, e muito obrigado por você ter me escolhido para ser sua mãe. Mamãe nunca vai esquecer de você, das nossas brincadeiras juntos das noites em claro que passei. E sabe filho não mim arrependo de nada, pois sei que você foi muito amando por toda a família.

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Novidade no blog

Olá meus amadinhos e amadinhas, como vocês estão?
Eu e a Anne estamos bem, graças a Deus.
Ela tem mexido cada vez mais forte, e eu estou super feliz por isso.
Bom mais vim aqui para contar uma coisinha, agora vou compartilhar histórias de mães de anjos também. Não só a minha é claro, mais tenho muitas amigas que também tem um anjinho no céu, e talvez elas queiram compartilhar a história delas conosco, a final, eu até hoje gosto SIM de compartilhar a minha história, pra mim é como um desabafo, toda vez que conto minha história para alguém me sinto aliviada, e quero que minhas amigas e colegas também se sintam.
Por isso quem tiver um anjinho, e quiser contar sua história comigo, se sinta totalmente a vontade para escrever e me enviar sua história, pode me mandar foto do anjinho também, agora esse espaço que me ajuda tanto não será mais só meu, mais sim de todas nós.

Aqui é o link da minha página pessoal do facebook:
Lêlla Kasper

Aqui é o link da página do blog no facebook:
Blog Nicolas Rafael meu anjo

Aqui é o email do blog:

blognicolasrafaelmeuanjo@hotmail.com

Então é isso pessoal, fiquem com Deus e um grande abraço.. Beijooos

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Salmos 23

Bom eu estava aqui me lembrando, como toda a mãe eu cantava, contava histórias, conversava, brincava, beijava e abraçava o meu filho.
O Nicolas amava hinos.
Mais uma coisa que sempre me intrigou, é que o Nicolas nunca ficava totalmente quietinho me olhando, a não ser quando eu lia o Salmos 23 da bíblia, ele ficava quietinho, me olhando enquanto eu lia o salmo pra ele, quando ele estava na UTI, em cima da cabecinha dele eu havia deixado uma bíblia aberta nesse salmo, e minutos antes dele falecer eu li esse salmo pra ele.
Cheguei a conclusão, meu filho era um anjo mesmo desde que nasceu, e não importa o que eu fizesse, cedo ou tarde ele iria voltar pro verdadeiro lar dele, que era ao lado de Deus.

Salmos 23

"O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará.
Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranqüilas.
Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome.
Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam.
Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda.
Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do SENHOR por longos dias."

domingo, 12 de janeiro de 2014

Atualizando aqui pra vocês ficarem informadas(os)


DEPOIS DO POSITIVO

Depois do positivo veio a ansiedade, a espera da primeira eco, fiquei contando os dias, ai chegou, o bebê estava agitado com o coraçãozinho pequenininho mais forte batendo a 160 batimentos por minuto, se esticava e pulava, fiquei muito mais muito feliz, foi totalmente diferente da primeira eco que fiz do Nicolas, pois a primeira eco que fiz do Nico eu já estava de 5 meses, ele já estava todo formadinho, ai quando eu fiz essa ai, eu estava de 10 semanas, 2 meses e meio, achei até engraçado porque eu nunca tinha visto um bebê tão pequeninho, tão frágil, mais forte, e ele estava ali dentro de mim, e eu novamente fui escolhida por Deus para cumprir a dádiva de gerar e cuidar de um novo ser.

E OS DIAS PASSAM...

Conforme os dias foram passando, os enjoos foram diminuindo, achei muito engraçado, porque nessa gravidez tudo estava diferente, do Nicolas não tive NADA, gente eu juro, nem um enjoo, só um pouco de azia no finalzinho da gestação, mais nada me incomodava, só pra vocês terem noção cheguei a 4 dedos de dilatação sem dor nenhuma. Mais nessa gestação, foi enjoo e muitaas vontades, fora a azia né.
Então com o tempo passando, minha barriga crescendo e o bebê também, de cutucadinhas pequeninas passei a sentir chutinhos mais fortes. E quando veio a 2ª eco, nossa uma tremenda felicidade tava ali meu bebê formadinho, e eu quase chorei pois eu até aquele momento não acreditava que eu teria outro bebê, achei que não conseguiria, que eu não iria ser capaz novamente, mais tava ali meu bebê com 20 semanas de gestação, grande, forte, e de pernas fechadas, o médico disse que pode ser um menino, será?

ULTRASSOM MORFOLÓGICO

Bom como nem tudo é um mar de rosas, e eu como filha de Deus e mãe de anjo, estava preocupada com a formação desse novo serzinho, e também, curiosa pra saber o sexo é claro.
Então chegou o tão contado dia da morfológica, e eu com meu coração na mão, fiquei orando noites e noites, entregando tudo na mão de Deus e implorando pra não passar por tudo de novo.
Então:
Sexo: Feminino ( Mamãe ficou muito feliz, o Nico vai ter uma irmãzinha)


Rosto da bebê: Nossa Anne Sophye Hikari

Cérebro: NORMAL
Coração: NORMAL
Pulmão: NORMAL
Rins: NORMAL:
Estomago: NORMAL
INTESTINO: NORMAL
EM FIM, TUDO NORMAL, FETO COM DESENVOLVIMENTO CORRESPONDENTE A 24 SEMANAS E 6 DIAS.
Eu quase chorei de felicidade, aliviou meu coração em saber que tudo está bem com ela, que está tudo normal, que ela irá nascer saudável.
Depois desse dia tenho dormido muito melhor.

AGORA



Entrei em um mundo desconhecido, em um mundo cor de rosa, estou muito feliz por isso, e um pouco com medo de não me sair bem, mais é isso gente, vou saindo aqui, deixando umas fotos pra vocês, e logo eu volto com mais atualizações.
Não sei quando eu posso voltar pois como vocês sabem, não tenho mais net em casa, mais prometo aparecer o mais rápido possível, beijos e abraços no coração.
Ass: Mamãe do Nicolas e da Anne










terça-feira, 3 de setembro de 2013

Hoje a saudade apertou..

Hoje a saudade apertou, mais Deus é meu único fiel consolador, resolvi postar uma foto do Nicolas no face, e então me veio as lembranças, e os pensamentos negativos, fiquei me sentindo como se eu tivesse abandonado ele, pois já fazia um tempão que eu não olhava as fotos dele, e me bateu aquela vontade de chorar, mais não chorei, pois sei que ele não iria querer que eu chorasse ainda mais agora nesse momento tão especial de nossas vidas.
Pedi pra Deus consolar meu coração naquele momento e foi o que ele fez, tocou em meu coração e tirou a dor. Eu só peço a Deus para que me de forças, pois não é fácil, se estar feliz em um momento e em outro tudo passar, peço que Deus console o coração de todas as mães de anjo assim como ele consola o meu quando entro em desespero.
Filho, você com esse sorriso doce, conquistava todos a sua volta, com seu sorriso, me ensinou que não importa o tamanho da batalha, sempre, sempre tem que estar sorrindo.Te amo.
Amigos e amigas, dia 5 eu irei faze uma ultra ai eu volto a postar aqui pra vocês, e dizer como foi, beijos e abraços.
--------------------------------------------------------------------------
Foi por mim, foi por você, foi por nós que ele morreu na cruz e ressuscitou, e hoje está no céu.
Eu creio em um Cristo vivo.
Senhor eu te amo. De forças para todos nós.

terça-feira, 27 de agosto de 2013

EU SUMI MAIS VOLTEI E COM NOVIDADES

Pois então pessoal, eu sumi, eu sei, é porque eu me mudei não moro mais na casa da minha mãe, e onde eu moro não temos acesso a internet por enquanto, e fica meio complicado ficar vindo aqui na minha mãe pois moro longe da casa dela.
Tenho duas novidades para vocês, primeiro, estou indo para a igreja novamente, e cada dia sinto mais e mais a presença dele, e a segunda é:
TO GRÁVIDA!!
É isso ai genteee, Deus atendeu o meu pedido e vai mandar um irmãozinho ou irmãzinha pro Nicolas, eu e o Marcelo estamos muito feliz, muito mesmo, eu não sei de quanto tempo eu to ainda e nem o que é o bebê, pois comecei o pré-natal agora, mais podem deixar que vou manter vocês sempre informados.
QUE DEUS DERRAME UNÇÃO DOBRADA SOBRE VOCÊS, FIQUEM COM DEUS.











quarta-feira, 10 de julho de 2013

Postagem do Aniversário do Nicolas. (ATRASADA)



Me desculpem amigas por não ter postado antes, ando muito na correria, e com o aniversário do Nicolas sem ele aqui, me abalou mais um pouco, e eu estava evitando computador, mais aqui esta o post, beijos e 
muito obrigado por todas as palavras de conforto de vocês, que Deus abençoe vocês todos.
_x_

Como dói o coração de uma mãe ter que levar para seu filho um vaso de flores em um cemitério como presente, é triste, é doído, é doloroso, eu sei.
Daria minha vida para não ter esse nome nessa lapide, daria tudo para ter você do meu lado.


Mais sei que onde quer que você esteja está bem, hoje o céu está em festa, meu anjo está completando 2 aninhos, eu só peço a Deus que pegue meu raio de luz no colo e encha ele de beijinhos por mim.
Hoje a saudade tá apertando demais, só que eu sei que ele está em um lugar melhor, e o meu coração fica feliz por isso. 
FELIZ ANIVERSÁRIO BEBÊ. MAMÃE TE AMA.

Dia 08/07/2013